fbpx

Análise – Cells at Work!

Análise - Cells at Work! do anime
A história se passa dentro do corpo humano, onde trilhões de células antropomórficas fazem seu trabalho para manter o corpo saudável. A série se concentra principalmente em duas dessas células; um glóbulo vermelho novato, AE3803, que frequentemente se perde durante as entregas, e um implacável glóbulo branco, U-1146, que luta contra quaisquer germes que invadem o corpo.

Cells at Work! (Hataraku Saibou), é um anime de 2018, sendo adaptação do mangá de mesmo nome escrito e ilustrado por Akane Shimizu, que retorna em 2021 com a sua nova temporada.

Análise - Cells at Work!

A animação retrata a trajetória diária de 37,5 trilhões de células, trabalhando para manter o equilibro do corpo humano, sendo protagonizada por uma Glóbulos vermelho novata, AE3803, que frequentemente esta se perdendo pelas veias e artérias enquanto realiza o seu trabalho de transportar oxigênio e nutriente para as células.

Em conjunto, o implacável glóbulo branco, U-1146, luta diariamente para proteger o corpo de agentes malignos para proteger a saúde do organismo, além de repentinamente encontrar a Glóbulos vermelho novata ao longo dos canais.

Um mundo microscópico:

O mundo de Cells at Work!! é único. Sendo comparável a uma cidade, cada célula faz parte de uma grande estrutura que estão interligadas por diversos fatores, como exemplo, é possível perceber as veias como as ruas, os órgãos como os bairros e assim vai, tudo isso contribui para criar uma sensação de imensidão dentro de um mundo microscópico.

A cada episodio somos apresentados para novas células em uma nova adversidade, como por exemplo, em um certo episodio, o glóbulo branco, U-1146, acaba visitando os poros capilares, aonde vivem as células capilares que no momento em que o personagem chega la, estão sendo escravizadas pela caspa que e a representação mais sutil daquilo que realmente acontece no couro cabeludo.

O cenário contribui para outro fator extremamente importante, ajuda a retratar a intensidade das adversidades no corpo humano, através do anime é positive perceber quantas células são perdidas por somente a entrada de uma simples bacteria ou o quão devastador e perigoso pode ser uma célula cancerígena e isso aumenta a noção da importância de se cuidar.

Cada célula e única:

Em Cells at Work! cada uma das células possuem vida, tem carisma, sentimentos, além de uma historia, elas nascem nos órgãos, crescem, vão para a escola, estudam para exercer a sua função e no fim se formam para começar a trabalhar.

Mesmo sendo chamadas apenas por códigos, cada uma delas possuem uma personalidade muito bem trabalhada, como exemplo a Glóbulos vermelho novata, AE3803, que e uma personagem perdida, mas que ao mesmo tempo e corajosa a ponto de ariscar a sua vida para salvar as plaquetas, outra leva de celular importantes para a manutenção do nosso corpo.

Por outro lado, temos o implacável glóbulo branco, U-1146, que é uma célula de defesa, que mesmo sendo extremamente forte, e menosprezado pela Célula T Citotóxica, que acaba sendo considerada superior, mesmo realizando a mesma função.

Resumo:

Em resumo Cells at Work! é um dos melhores animes já criados, o seu estilo único de retratar as organelas microscópicas cativam a todos, não so aqueles que gostam de estudar o corpo humano, mas para todos aqueles que queiram um anime divertido e com muita informação para absorver.

Lucas do Vale

Lucas do Vale

Estudante de Jornalismo, apaixonado por animes e manga, principalmente pelo genero shounen, shoujo e yaoi, alem de jogos de RPG.