fbpx

Análise – It’s Too Sick to Call this Love (Koikimo)

anime It's Too Sick to Call this Love Koikimo

Primeiramente, quando eu vi o ‘trailer’ de Koikimo (It’s Too Sick to Call this Love), fiquei extremamente animado por ser um fã de carteirinha do gênero romance, ainda mais por mostrar ser bem leve e clichê, com uma história inovadora a primeira vista. Entretanto, durante a minha experiência com o anime, desenvolvi uma relação de amor e ódio, oque eu não esperava que fosse acontecer.

anime It's Too Sick to Call this Love Koikimo

O anime Koikimo (Koi to Yobu ni wa Kimochi) apresenta a vida de Amakusa Ryo, um executivo solteirão de 27 anos, que aparenta não se importar muito com amor e relacionamentos. Do contrário temos Amari Ichika, uma jovem colegial otaku de 17 anos, sem nenhuma experiencia com amor.

Que por acaso do destino acaba salvando Ryo de cair de uma escada com seu guarda-chuva. Por conta desse incidente Ryo acaba sentindo algo que ele nunca sentiu, chegando a conclusão que é amor e iniciando uma jornada para conquistar o coração de Ichika.

Um romance “diferente”

Quando falamos em algo diferente não significa automaticamente que aquela coisa seja ruim, somente algo que nunca foi visto. E foi isso que eu pensei quando eu vi o romance entre Amakusa Ryo e Amari Ichika pela primeira vez. Um romance que normaliza a obsessão.

A primeira vista Ryo aparenta ser uma cara mulherengo que não liga para relacionamentos e só se importa com o prazer sexual. Entretanto, após se encontrar com Ichika, ele se apaixona e começa a desenvolver uma obsessão por ela.

anime It's Too Sick to Call this Love Koikimo

Por outro lado, Ichika não se sente muito confortável, inicialmente com as atitudes de Ryo, que acaba sendo revelado ser irmão de Amakusa Rio (melhor amiga da Ichika). Entretanto, com o passar dos episódios acaba se apaixonando por Ryo e seu modo obsessivo com ela.

Durante a minha experiência com o anime, eu me senti incomodado em diversos momentos com as ações do Ryo, principalmente com a Ichika, que só seria feliz se estivesse com ele. O relacionamento dos dois é extremamente toxico a ponto de normalizar a obsessão, sendo evidenciado principalmente apos o aparecimento de Tamaru Kai, rival de Ryo pelo coração de Ichika.

Uma História Clichê

Nem sempre se fazer uma coisa clichê é sinônimo de coisa ruim, pelo contrário muitas pessoas, inclusive eu gosto de romances clichês. Porem, quando o anime tenta inovar em algo e acaba não acrescentando nada de positivo para a obra, o elemento clichê passa a ser um problema.

anime It's Too Sick to Call this Love Koikimo

It’s Too Sick to Call This Love Koikimo (Koi to Yobu ni wa Kimochi) sofre esse problema. Por conta de seu romance desastroso, o restante do anime passa a ser somente mais um romance no meio de tantos outros. Entretanto, que mesmo com premissas parecidas conseguem chamar atenção de maneira positiva por terem elementos que acrescentem a velha fórmula.

Conclusão

Por fim, como diz aquele ditado gosto é igual nariz, cada um tem o seu. A minha experiência não foi das melhores, eu fiquei extremamente decepcionado com o anime e a maneira como ele tratou o relacionamento abusivo.

anime It's Too Sick to Call this Love Koikimo

Porem eu não posso falar para você não assistir o anime Koikimo. Pois, ele não é de todo ruim. Como nunca foi minha intenção dar julgamento e sim falar a minha experiência, eu não darei uma nota final, assista e tire suas próprias conclusões.

  • Gênero: Comedia e Romance
  • Estúdio: Nomad
  • Data de estreia: 29/03/2021
  • Numero de episódios: 12
Lucas do Vale

Lucas do Vale

Estudante de Jornalismo, apaixonado por animes e manga, principalmente pelo genero shounen, shoujo e yaoi, alem de jogos de RPG.