IMPRESSÕES | BLACK BULLET

[starrater tpl=10 size=’24’]

blackb-reviewVamos as primeiras impressões nesse começo de  temporada. Ao contrário do que se acredita, Black Bullet me surpreendeu muito com o seu episódio de estreia. O gênero ficção científica sempre me puxou nas grandes, e pequenas produções, entre elas, animes, cinema, games e etc.

Com direção de Kojima Masayuki(Abenobashi Mahō Shōtengai), o anime contém uma narrativa simples, mais com uma história que chama atenção dos otakus do gênero. Black Bullet se passa em 2021 um futuro talvez próximo, onde de fato os seres da raça humana foram derrotados por uma espécie de parasitas virais, conhecidas como Gastrea, todos foram exilados para um pequeno território e vivem em desespero total.

Com essa premissa somos apresentados ao garoto com habilidades em amamento e luta corporal, mais parecido como um detetive, o Rentaro, um jovem esperto, membro da “Segurança Civil” uma grande organização especializada em combater os monstrinhos Gastreas. Situada próxima da cidade de Tokyo onde ele é usado para finalizar diversas missões de nível Hard.

No segundo ato do anime somos apresentados a sua parceira de trabalho, a garotinha agitada Aihara Enju, a famosa garota amaldiçoada. Enquanto a dupla se divide para combater esses monstros, ao mesmo Rentaro tem que lidar com as situações do dia a dia para criar a inocente Enju, se tornando praticamente um pai para ela. Com um traços e animações agradáveis, Black Bullet não deixa a desejar para um primeiro episódio de abertura de temporada. Uma história que envolve Ação, Demônios, Horror, Artes Marciais, Novel, Seinen, Ficção Científica, recomendo todos que percam seus 24 minutos sagrados para acompanhar essa nova saga.

Então é isso galera.., fica minha primeira impressão sobre o anime BLACK BULLET dessa nova temporada. Se você assistiu ao anime, deixe sua nota ou faça um comentário abaixo, ficaremos agradecidos, Até a próxima.

Rafael Shinzo

Apaixonado por pela cultura Japonesa. Trago artigos atualizado sobre Animes e Mangás.