Rebuild World – Light novel será adaptada para anime

Menma 44 Views
Rebuild World

Publicidade

Durante um painel dedicado para exibição de vídeos promocionais, realizado na Anime Expo, a Kadokawa anunciou que a light novel “Rebuild World”, de Nahuse, receberá uma adaptação para anime.

Publicidade

Rebuild World – Light novel será adaptada para anime

A Kadokawa também revelou uma imagem do anime nesta segunda-feira (03), bem como duas ilustrações comemorativas de Gin (ilustrador da novel) e Kirihito Ayamura (artista do mangá):

© ナフセ/KADOKAWA/リビルドワールド製作委員会
© ナフセ/KADOKAWA/リビルドワールド製作委員会
© ナフセ/KADOKAWA/リビルドワールド製作委員会

Além disso, a Kadokawa revelará mais informações durante um evento de comemoração do 30º aniversário da Dengeki Bunko, que ocorrerá entre nos dias 15 e 16 de julho.

Sinopse

O auge da civilização humana chegou e se foi, deixando apenas ruínas em seu rastro. A sociedade e a ciência agora lutam para reconstruir, redescobrindo fragmentos de conhecimento em poderosos artefatos antigos que desafiam a compreensão. Essas relíquias do “Mundo Antigo” podem fazer a fortuna daqueles que as encontram, desde que sistemas de segurança ancestrais e bioweapons rebeldes não matem os caçadores de relíquias primeiro. Akira, um jovem órfão de rua, embarca em uma jornada para se tornar um desses caçadores, a fim de escapar de sua vida brutal nos cortiços. Despreparado, desnutrido e mal armado, Akira teria sorte se conseguisse voltar vivo das ruínas – até que um encontro com Alpha, uma mulher misteriosa e fantasmagórica, muda seu destino para sempre. Alpha precisa de um caçador, e ela está disposta a treinar Akira para se tornar um.

Publicidade

Sendo assim, a editora publica as novels de Nahuse com ilustrações de Gin (ilustrador), yish (artista ambiental) e cell (designer de mecânica). Nahuse começou a publicar a novel no site Shōsetsuka ni Narō em 2017, e o capítulo mais recente no site foi em 2021. A Kadokawa começou a publicar a série em formato impresso em 2019. Kirihito Ayamura desenha o mangá, que lançou em julho de 2019.

Fonte: Twitter oficial

Leia também:

Por Menma
Siga:
Entusiasta na área de tecnologia e amante de animes, mangás e jogos. A imensa maioria dos animes que gosto pertencem à demografia Shounen.
1 Comment