TenPuru – Data de estreia do anime revelada

Menma 21 Views
TenPuru -

Nesta quarta-feira (14), o site oficial do anime ‘TenPuru – No One Can Live on Loneliness’, divulgou o terceiro vídeo promocional do mesmo, bem como a terceira arte promocional, anunciando sua estreia para o dia 8 de julho.

Publicidade

Além disso, o vídeo também oferece uma prévia da música de abertura intitulada “Bonnō Paradise”, interpretada pela dubladora da personagem Yuzuki Aoba, Aimi.

Publicidade

TenPuru – Data de estreia do anime revelada

Confira:

© 吉岡公威・講談社/てんぷる製作委員会
© 吉岡公威・講談社/てんぷる製作委員会

O elenco principal do anime inclui:

Publicidade
  • Masayuki Akasaka como Akemitsu Akagami
  • Aimi como Yuzuki Aoba
  • Yu Serizawa como Tsukuyo Aoba
  • Nanami Yamashita como Kurage Aoba
  • Madoka Asahina como Mia Christoph
  • Sumire Uesaka como Kagura Baldwin

O anime já tinha anteriormente sua estreia prevista para ocorrer em julho e a Crunchyroll é a encarregada da transmissão.

A direção é, portanto, de Kazuomi Koga ( Kubo Won’t Let Me Be Invisible ) no estúdio Gekkou com designer de personagens de Masato Katsumata ( The Quintessential Quintuplets ).

O mangá de Kimitake Yoshioka teve então início através do serviço digital Comic Days da editora Kodansha em setembro de 2018. Por fim o autor é conhecido por ser o ilustrador do mangá Grand Blue, que é escrito por Kenji Inoue.

Sinopse

Akemitsu Akegami sempre escutou do seu pai que “ninguém pode viver sozinho”… Mas ele é muito determinado. Afinal, seu pai certamente não disse isso com a melhor das intenções, e Akemitsu não tem desejo de se tornar como aquele nojento. Mas quando um encontro casual com uma jovem o deixa com pensamentos muito impuros, ele decide fazer o que deve: tornar-se um monge budista e renunciar aos costumes mundos. Mas o templo ao qual ele decide se dedicar… está cheio de mulheres!! E essa mesma jovem também está lá!! O que este homem pode fazer?

Fonte: Site oficial

Leia também:

Por Menma
Siga:
Entusiasta na área de tecnologia e amante de animes, mangás e jogos. A imensa maioria dos animes que gosto pertencem à demografia Shounen.
Deixe um comentário