fbpx

Último filme de Evangelion já arrecadou 10 bilhões de ienes

Evangelion: 3.0

Evangelion: 3.0 + 1.0: Thrice Upon A Time, o filme que promete ser o último de Evangelion, ultrapassou a marca de 10 bilhões de ienes arrecadados em seu 127º dia de bilheteria japonesa . O filme já vendeu 6,55 milhões de ingressos.

O filme alcançou a marca de 9 bilhões de ienes no dia 14 de junho, e atingiu 9,32 bilhões de ienes no dia 20 de junho.

Vale lembrar que o filme Evangelion: 3.0+1.01 começou a ser exibido no dia 12 de junho e promete ser a última exibição do filme. A nova versão contém “pequenas revisões” em algumas sequências de animação, mas não muda a história do filme. A maioria dos cinemas, mas não todos, interromperá a exibição do filme a partir do dia 21 de julho.

O filme estreou no Japão no dia 8 de março, e ficou em primeiro lugar no fim de semana da estreia. O filme vendeu 2.194.533 ingressos e arrecadou 3.338.422.400 ienes nos primeiros sete dias em 466 cinemas japoneses. A nova produção vendeu 33,6% a mais de ingressos e arrecadou 45,1% a mais de ienes do que o filme anterior de Evangelion durante seus respectivos primeiros sete dias. Vale ressaltar também que o filme foi exibido em 82 cinemas equipados para exibições 4D.

Em sua terceira semana, o filme superou o faturamento de Evangelion: 3,0 You Can (Not) Refo, que arrecadou um total de 5,3 bilhões de ienes. O novo filme é agora o filme de maior sucesso da série, tanto dentro quanto fora do Japão.

A equipe anteriormente havia adiado o filme de 23 de janeiro para o dia 8 de março, devido ao estado de emergência declarado em quatro prefeituras no Japão no dia 8 de janeiro, que foi posteriormente estendido para um total de 11 prefeituras. O filme ainda teve um atraso anterior devido a preocupações com relação à COVID-19 e sua propagação dentro e fora do Japão. O filme foi portanto originalmente programado para estrear no Japão no dia 27 de junho de 2020.

Fonte: ANN

Arthur Vinícius

Arthur Vinícius

Entusiasta na área de tecnologia e amante de animes, mangás e jogos. A imensa maioria dos animes que gosto pertencem à demografia Shounen.