Arquivos

Yuusha ga Shinda! – 1º episódio gera polêmica entre os otakus

Yuusha ga Shinda! - 1º episódio gera polêmica entre os otakus

Yuusha ga Shinda! ( The Legendary Hero Is Dead! ) é uma das estreias dessa temporada de Abril, com personagens cômicos e uma história mais focada no ecchi com um toque de comédia. De acordo com o primeiro episódio que estreou dia 6 de abril , marcou certa polêmica entre os otakus.

Yuusha ga Shinda! – 1º episódio gera polêmica entre os otakus

Confira:

Yuusha

A polêmica aconteceu no twitter onde após o lançamento global do primeiro episódio, entrou nos trending topics e gerou discussão entre os fãs de carteirinha e os otakus que não sabiam nada da história.

Confira alguns comentários:

“O protagonista só pensa em coxas? Isso não seria assédio?”

“Minha mãe chegou na sala quando ele estava olhando as nadegas da menina, eu te odeio anime.”

“Essa história deveria ser proibida, forçando e constrangendo as mulheres a porem meias calças!”

“Ele usou seu titulo de heroi pra fazer ela ficar semi-nua… Ridiculo, prendam o autor!”

“Estou com tanta raiva desse anime que eu queria que o protagonista morresse pra sempre.”

“Dropado, esse anime é a prova de que assédio é certo para homens”

“Isso é um insulto as mulheres e as meias calças! L1x0!!!!”

Vale lembrar que no gênero do anime já é demonstrado que contêm Ecchi e Comédia.

Sendo assim a direção é de Rion Kujou (Hagure Yuusha no Aesthetica, Asu no Yoichi!, Gunjou no Magmell, Sekai de Ichiban Tsuyoku Naritai!) nos estúdios LIDEN FILMS, com produção da WOWMAX.

Sinopse:

Longe ao norte do mundo está o Portão do Inferno, um portal usado pelo Lorde Demônio para invadir o reino humano. Graças ao lendário herói Shion Bladearts, portador da Excalibur, e seu leal grupo de companheiros, o Portão foi selado e a ameaça demoníaca derrotada. No entanto, o selo estava incompleto e começou a enfraquecer, permitindo que os demônios atacassem novamente. Preocupado com a segurança de sua aldeia, o agricultor egoísta e pervertido Touka Scott cava armadilhas para afastar demônios. Mas não tenha medo, porque Shion está a caminho de fechar o Portão do Inferno novamente e salvar a humanidade.

Portanto Subaruichi começou a publicar o mangá através do serviço digital Manga ONE da Shogakukan em dezembro de 2014 e terminou em dezembro de 2020 com um total de vinte volumes compilados publicados. Este é o primeiro e único trabalho registrado do autor.

Por fim, qual a opinião de vocês sobre essa polêmica sem sentido? Deixe seu comentário!

Via: Twiiter

Leia também: