Oshi no Ko – Mangá supera Dragon Ball Super no ranking de popularidade

Fuzi 925 Views

Desde que a sua adaptação de anime começou a chamar atenção, o mangá Oshi no Ko ficou muito mais conhecido pelo público e atingiu posições altas nos ranques de popularidade. Atualmente, Oshi no Ko também chegou na lista dos mangás mais lidos da plataforma digital MANGA Plus da editora Shueisha, superando grandes títulos como Dragon Ball Super.

Publicidade

Oshi no Ko – Mangá supera Dragon Ball Super no ranking de popularidade

Confira:

Publicidade

Oshi no Ko já era um mangá muito visualizado no MANGA Plus, mas agora o seu título chegou em uma posição mais alta, sendo o quinto mangá mais lido da plataforma com 434.511 visualizações. Além de Dragon Ball Super, o mangá ficou acima de My Hero Academia, Black Clover e Spy x Family.

Sinopse:

Publicidade

A história acompanha um médico chamado Gorou, fã de uma “Idol” de 16 anos chamada Ai Hoshin. Mas num belo dia Hoshino aparece no seu consultório, no entanto, dizendo que está grávida de gêmeos, mas o gerente dela diz para ela abortar os bebês. Mas a Idol não quer abortar, ela quer ter às duas crianças. Gorou promete a ela um parto seguro.  Mal sabe ele, que por conta de um encontro com uma figura misteriosa resultaria em sua morte prematura ou assim ele pensava. Entretanto, ao abrir os olhos no colo de sua amada idol, Gorou descobre que renasceu como Aquamarine Hoshino, o filho recém-nascido de Ai! Com seu mundo de cabeça para baixo, Gorou logo descobre que o mundo do showbiz está cheio de controvérsias, onde o talento nem sempre traz sucesso.

Portanto Akasaka e Yokoyari deu início ao mangá na revista Salto Jovem da editora Shueisha em 2020. Ademais a editora publicou o sexto volume do livro compilado em novembro de 2021.

Você acha que Oshi no Ko vai ficar na frente de Dragon Ball Super por muito tempo ou vai perder a posição em breve? Diga nos comentários!

Fonte: Sportskeeda

Leia também:

 

Por Fuzi
Siga:
Redator, designer e ilustrador freelancer. Um fã eterno de animes e mangás japoneses.
4 Comments